Minha flor

Lilypie Fourth Birthday tickers

Meu amor

Lilypie Kids Birthday tickers

Mais poesia, mais Cora.

>> segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Um poema para começar lindamente essa semana. Da minha poeta do coração Cora Coralina.
Já escrevi sobre ela e postei um poema de sua autoria, lindo e comovente. E outras vezes voltarei a ela. Poeta e goiana, mulher e doceira, sempre recorro aos seus versos. Um presente para vocês.

Das Pedras

Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.

Uma estrada
um leito,
uma casa,
um companheiro.
Tudo de pedra.                                                                     

Entre pedras 
cresceu minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores.

Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.

Cora Coralina
(Meu livro de Cordel)











3 comentários:

Chocolate com Pimenta 27 de setembro de 2010 19:54  

Liiiindo poema...
Aliás aqui no seu cantinho tenho a aportunidade de me deliciar com poemas incríveis e tocantes..

Você é muito sensível..adoro tudo isso aqui..Parabéns !!

Grande beijo..

Gabi ;)

Heloísa 28 de setembro de 2010 05:05  

Marisa,
Linda poesia.
A sabedoria está em saber carregar as pedras, e deixar que as flores nasçam.
Gostei.
Beijo.

mag faria 23 de novembro de 2012 12:20  

Marisa,há muuuitos anos vc me escreveu um poema e citou cora coralina,desde então este é um dos meus poemas preferidos e sempre tento não me esquecer das suas palavras,quando disse que possuo a capacidade de plantar flores nos lugares das pedras......beijos amiga!

Related Posts with Thumbnails